jusbrasil.com.br
19 de Janeiro de 2017
    Adicione tópicos

    TRF-4 - AGRAVO DE INSTRUMENTO : AG 7833 SC 2005.04.01.007833-0

    PROCESSO PENAL. AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO DE NATUREZA INTERLOCUTÓRIA. DESCABIMENTO.

    Processo
    AG 7833 SC 2005.04.01.007833-0
    Orgão Julgador
    SÉTIMA TURMA
    Publicação
    DJ 18/05/2005 PÁGINA: 895
    Julgamento
    3 de Maio de 2005
    Relator
    MARIA DE FÁTIMA FREITAS LABARRÈRE
    Andamento do Processo

    Ementa

    PROCESSO PENAL. AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO DE NATUREZA INTERLOCUTÓRIA. DESCABIMENTO.

    - O uso do agravo de instrumento no âmbito do processo penal é bastante restrito, cabendo nos casos de denegação de recurso extraordinário ou especial (art. 28 da Lei nº 8.038/90) e, excepcionalmente, consoante decisões proferidas por este Colegiado, nas hipóteses de seqüestro/arresto de bens.

    - A presente inconformidade dirige-se contra a negativa do juízo de primeiro grau em declarar a nulidade da audiência de oitiva de testemunha realizada, no juízo deprecado, sem a intimação do réu e de seu patrono, tratando-se de decisão meramente interlocutória.

    - Agravo de instrumento não conhecido, pois incabível na espécie.

    Veja essa decisão na íntegra
    É gratuito. Basta se cadastrar.
    Disponível em: http://trf-4.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1178474/agravo-de-instrumento-ag-7833

    1 Comentário

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

    Me ocorreu uma dúvida em face dessa decisão.
    Tomo o exemplo em que o juiz decreta sentença de pronúncia sem exame das qualificadoras. O tribunal ad quem anula a decisão tão-somente para que o juiz sentenciante se manifeste sobre as qualificativas propostas na proemial (correção fragmentária). Ao cumprir a decisão superior, o juiz causa inconformismo para o réu diante da falta de motivação. A decisão em destaque refere que não cabe agravo de instrumento nesse caso. A sentença de pronúncia é interlocutória mista não-terminativa de mérito. Nesse exemplo, qual o recurso cabível, já que o strictu sensu possui rol taxativo?
    Basicamente, é a minha dúvida. Agradeço e aguardo a resposta. Obrigado. continuar lendo