jusbrasil.com.br
18 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - AGRAVO DE INSTRUMENTO: AG XXXXX-22.2021.4.04.0000 XXXXX-22.2021.4.04.0000

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

SEGUNDA TURMA

Julgamento

Relator

RÔMULO PIZZOLATTI
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Decisão

Em que pesem os argumentos trazidos pela parte agravante, verifico que não existe qualquer risco de lesão grave e de difícil reparação se o agravo de instrumento for analisado pela Turma em sessão de julgamento, uma vez que há penhora na execução, sendo certo que não se tem notícia tenha sido afastada, em grau recursal, a higidez do seguro garantia admitido pelo juízo de origem. Ante o exposto, indefiro o pedido de efeito suspensivo. Intime-se a parte agravada para responder.
Disponível em: https://trf-4.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1184240241/agravo-de-instrumento-ag-50103602220214040000-5010360-2220214040000