jusbrasil.com.br
21 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL : AC 22640 PR 2005.70.00.022640-3

Detalhes da Jurisprudência
Processo
AC 22640 PR 2005.70.00.022640-3
Órgão Julgador
TERCEIRA TURMA
Publicação
D.E. 03/09/2008
Julgamento
26 de Agosto de 2008
Relator
CARLOS EDUARDO THOMPSON FLORES LENZ
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

ADMINISTRATIVO. DANOS MATERIAIS E MORAIS. ABERTURA CONTA BANCÁRIA COM DOCUMENTOS FALSOS. VENDAS FRAUDULENTAS, VIA INTERNET, VALENDO-SE DA ALUDIDA DOCUMENTAÇÃO FALSA, EM NOME DO AUTOR. RESPONSABILIDADE DOS RÉUS CARACTERIZADA. INDENIZAÇÃO MANTIDA. HONORÁRIA REDUZIDA.

Apelação da CEF improvida. Parcial provimento ao apelo do Mercado Livre.

Acórdão

Voto vencido no sentido de que os danos ocorreram por culpa exclusiva do autor, que comunicou à autoridade policial a perda dos documentos quase um ano após o fato, quando o correto seria a imediata comunicação da ocorrência à polícia e o registro do extravio nos órgãos de proteção ao crédito no menor tempo possível. Assim, sua desídia foi a causa dos prejuízos por ele sofridos, por ser responsabilidade de cada cidadão a guarda de documentos pessoais, e por ser do conhecimento geral o perigo que representam tais documentos nas mãos de pessoas mal intensionadas. Ressaltado que, mesmo sendo atribuição da CEF o exame do conjunto de documentos apresentados pelos interessados em abrir qualquer tipo de conta em suas agências, não é possível exigir da instituição financeira, diante da ausência de qualquer restrição apontada pela autoridade policial ou pelos órgãos de proteção ao crédito, que proceda uma minuciosa investigação acerca da vida pessoal de cada cliente, sob pena de inviabilizar a prestação dos serviços e de ferir garantias constitucionais como a vida privada, a honra e a imagem das pessoas.

Resumo Estruturado

AÇÃO DE INDENIZAÇÃO. SUJEIÇÃO, AÇÃO CÍVEL, INQUÉRITO POLICIAL, POR, FRAUDE, VENDA, PELA, INTERNET.TERCEIRO, ABERTURA, CONTA-BANCÁRIA, COM, DOCUMENTO, PERDA, AUTOR.RESPONSABILIDADE, EMPRESA, COMÉRCIO, MERCADORIA, POR, SITE.NEGLIGÊNCIA, PRESTAÇÃO DE SERVIÇO, A, ESTELIONATÁRIO.APLICAÇÃO, CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR (CDC). RECEBIMENTO, COMISSÃO, COMPROVAÇÃO, FORNECIMENTO, SERVIÇO.RESPONSABILIDADE OBJETIVA, CEF. DEVER, VERIFICAÇÃO, AUTENTICIDADE, DOCUMENTAÇÃO, PESSOA FÍSICA, PESSOA JURÍDICA, ABERTURA, CONTA-BANCÁRIA.DESCABIMENTO, ALEGAÇÃO, CONDIÇÃO, VÍTIMA.EXISTÊNCIA, NEXO DE CAUSALIDADE.COMPROVAÇÃO, DANO MATERIAL. NECESSIDADE, CONTRATAÇÃO, ADVOGADO, DEFESA, PROCESSO JUDICIAL.DIREITO, DANO MORAL. CONDENAÇÃO, VALOR FIXO.CORREÇÃO MONETÁRIA. APLICAÇÃO, INPC.JUROS DE MORA. 1%, MÊS.

Veja

Referências Legislativas

Disponível em: https://trf-4.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1313166/apelacao-civel-ac-22640

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 11 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL : AgRg no REsp 1189734 PR 2010/0071904-8

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL : AC 22640 PR 2005.70.00.022640-3

Tribunal Regional Federal da 2ª Região TRF-2 : 0006459-70.2005.4.02.5102 0006459-70.2005.4.02.5102